sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A AFIRMAÇÃO DOS ESTADOS PROVIDÊNCIA


O Reino Unido terá sido pioneiro do Estado Providência, já que desde os anos 20 medidas foram tomadas no sentido de minorar os efeitos do desemprego e prever situações de doença. Depois da 2ª GG o sistema generalizou-se impulsionado pelas políticas social-democratas acautelando as situações não só de desemprego e doença mas também de velhice e acidente, apoio às famílias e outros subsídios aos mais pobres. Também ao Estado foram conferidas responsabilidades no campo da habitação, ensino e saúde com o objctivo de reduzir a miséria e contribuindo para maior justiça e bem estar social. 


Prosperidade económica 

Os anos 50 assistiram a grande crescimento económico nos países ocidentais tendo o capitalismo possibilitado um acréscimo de bem estar a largas camadas de população de uma forma nunca antes vista. De 1945 a 1973 houve grandes acréscimos da produção mundial para isso contribuindo em grande parte sectores essenciais como os da energia e da produção automóvel. Nesse período não se assistiram a períodos de crise económica e certos países como o Japão, Alemanha e França tiveram elevadíssimas taxas de crescimento devidas a factores como: 

  • aceleração do progresso tecnológico
  • recurso ao petróleo como matéria prima energética por excelência. 
  • aumento da concentração industrial e do número e dimensão das empresas multinacionais.
  • aumento da população activa
  • modernização da agricultura
  • crescimento do sector terciário

Sociedade de consumo

A Europa aderiu ao longo dos anos 50 e 60 a padrões de consumo e conforto análogos aos dos E.U.A. para isso contribuindo em muito: 
  • o pleno emprego
  • salários em crescimento constante
  • elevada produção de bens de consumo
  • os preços acessíveis dos bens de consumo
Algumas características deste modelo económico e de consumo já são conhecidos: 
  • a publicidade 
  • o recurso ao crédito 
  • multiplicação dos espaços comerciais e dos serviços
  • a grande intensidade das trocas comerciais e o dinamismo económico de todos os sectores da economia. 

Sem comentários:

Enviar um comentário