terça-feira, 1 de novembro de 2016

VAMOS TRABALHAR

Como ficou combinado na aula, aqui está uma pequena pesquisa de informação sobre o que foram as seguintes situações/acontecimentos, para realizar até 6ª feira (dois dias sem aulas durante esta semana devem servir para alguma coisa e trabalho autónomo é uma delas...).

Relativamente à Itália:

Fasci di Combattimento - André
Marcha sobre Roma - João S.
"Camisas Negras" - Patrícia V.
"Batalha do Trigo" - Ruben B.
"Carta do Trabalho" - Ricardo
Acordos de Latrão - Ivan
Eixo Roma-Berlim - Soraia
Dopolavoro - Ana Rita
Juventudes Fascistas - Kátia

Relativamente à Alemanha:

Putsch de Munique - Tatiana
"SA" - Marcelo
"SS" - João F.
"Gestapo" - Jandira
"A Noite das Facas Longas" - Luiléne
Leis de Nuremberga - Sandra
"Noite de Cristal" - Andreia B.
Juventude Hitleriana - Daniela
Kraft durch Freude - Andreia v.D.
Antissemitismo - Ruben O.
Eugenia (ou eugenismo) - Ana V.
Solução Final - Carina
Lebensraum (espaço vital) - Raquel

Relativamente ao caso português:

Mocidade Portuguesa - Patrícia D.
Legião Portuguesa - Bernardo
Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho (FNAT) - Ana Beatriz
Obra das Mães para a Educação Nacional - Angelo
"Acto Colonial" - Sara
PVDE - Djenabu
Secretariado da Propaganda Nacional - Inês
"Camisas Azuis" - Décia

E finalmente,

Autarcia - Nelson

Divirtam-se.

3 comentários:

  1. boa tarde professora, é a Andreia Bernardo , nao percebi qual é o meu trabalho. Supostamente, so eu que fico com a " noite de cristal" ?
    visto que o apelido da outra Andreia é Buty.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Andreia, esse é o teu tema.
      A outra Andreia tem outro apelido que a distingue de ti (van Dunem)

      Eliminar
  2. Marcelo Assis-Em 1923 foi criada a Sturmabteilung, chamada de SA. Tratava-se de uma força paramilitar nazista. Dentro dessa entidade foi então criado um pequeno grupo com o intuito de proteger os altos dirigentes do Partido Nazista em ocasiões públicas como comícios ou discursos.
    Podemos dizer que a SA era a Sturmapteilungen, uma espécie de milícia particular nazista. Seu líder era Ernst Röhm, capitão do exército e notório por seu senso de organização e sua capacidade de comando. Os membros das Sturmabteilungen também eram conhecidos como "camisas pardas", pela cor de seu uniforme (a cor parda provinha de fardamentos destinados a tropas alemãs que serviram na Tanzânia durante a Primeira Guerra Mundial, e que nunca chegaram a ser entregues; após a guerra, foram adquiridas a preços módicos pelos nazistas, para vestir suas milícias).
    A Sturmabteilung constituíram, em certo momento, uma das instituições mais ativas da vida pública da Alemanha, e um dos esteios do poder político de Adolf Hitler. Hitler via a SA como uma tropa de pressão política, mas não como núcleo do "futuro exército do Reich" como desejava seu líder, Röhm.

    ResponderEliminar